O que o Papa Francisco propõe com o Pacto Educativo Global?

De acordo com o Papa Francisco, a educação é um dos caminhos mais eficazes para humanizar o mundo e a história. Por isso, esse tem sido um tema central em seu Pontificado. Principalmente a partir do lançamento do Pacto Educativo Global.

“(…) porque toda mudança precisa de um caminho educativo para fazer surgir uma nova solidariedade universal e uma sociedade acolhedora”.

Papa Francisco

O que é o Pacto Educativo Global?

Desde 2019, o Papa Francisco faz um chamado contundente relacionado ao futuro das gerações jovens. Após muitos diálogos e estudos, em 15 de outubro de 2020, ele divulgou o Pacto Educativo Global para o mundo. Um documento que chama a atenção para a importância da educação e convoca a todos a assumirem uma postura corresponsável nessa construção.

Em outras palavras, o que o Papa Francisco defende é uma educação mais aberta e inclusiva. Que os ambientes educativos sejam espaços de escuta paciente, de compreensão e, sobretudo, de diálogo. Assim podemos, de fato, sonhar com um mundo mais justo e fraterno.

Compromissos do Pacto Educativo Global 

Com o intuito de gerar ação, o Santo Padre propõe sete compromissos em prol da educação.

  1. Colocar a pessoa no centro de cada processo educativo
  2. Ouvir a voz das crianças, adolescentes e jovens a quem transmitimos valores e conhecimentos;
  3. Favorecer a plena participação das meninas e adolescentes na instrução;
  4. Ver na família o primeiro e indispensável sujeito educador;
  5. Educar e educarmo-nos para o acolhimento, abrindo-nos aos mais vulneráveis e marginalizados;
  6. Encontrar outras formas de compreender a economia, a política, o crescimento e o progresso, na perspetiva duma ecologia integral;
  7. Guardar e cultivar a nossa casa comum, protegendo-a da exploração dos seus recursos, adotando estilos de vida mais sóbrios e apostando na utilização exclusiva de energias renováveis.

Em suma, esses tópicos levam em consideração uma pedagogia inclusiva, relacionada à vida real. Além disso, também demonstram a preocupação com a Casa Comum, ou seja, com o cuidado de todos os outros seres que dividem conosco este planeta e com os ecossistemas dos quais são parte constitutiva.

O jeito Marista de educar corrobora com os compromissos elencados pelo Papa Francisco. Se você já acompanha essa pauta, aprofunde-se no conhecimento das iniciativas desenvolvidas em cada Província.

Se você não sabe por onde começar, mas quer se sentir mais próximo dessa temática, que tal dar um primeiro passo conversando com as crianças e adolescentes que você conhece? Pergunte sobre a experiência deles com a escola ou espaços educacionais alternativos. Ouça o que eles gostam, quais são suas queixas, como se sentem nesses ambientes.

Apoie o Pacto Educativo Global você também!

A saber, a iniciativa conta com o apoio da UNESCO e de várias instituições de ensino. E tem a finalidade de mobilizar jovens, famílias, comunidades, escolas, universidades, instituições, religiões, governantes, enfim, toda a humanidade.

Como Maristas de Champagnat, nós também vemos o Pacto Educativo Global como uma oportunidade de fortalecer a nossa missão.

Que tal aderir a essa iniciativa. Podemos contar com o seu apoio também?

>>> Página do Instituto Marista sobre o Pacto Educativo Global. 

>>> Página em português do Pacto Educativo Global.

>>> Mensagem do Papa Francisco para o lançamento do Pacto Educativo Global.

Mensagem do Papa Francisco

Brasil Marista e o Pacto Educativo Global